O manejo da sua floresta vem sendo um fator diferencial quando se trata de negócios que envolvam a produção e comercialização de madeiras.

Cada vez mais, as exigências se tornam mais abrangentes e as fiscalizações, mais rígidas. Nesse contexto, aquelas devem ser seguidas, em todos os aspectos estabelecidos. Desse modo, para que se possa exercer uma atividade sustentável e com retorno assegurado.

Nesse artigo vamos tratar sobre aspectos de como preparar o manejo de sua floresta e assim, se manter com uma operação segura e adequada às demandas de mercado.

Manejo florestal sustentável

O manejo da sua floresta compreende técnicas usadas para a utilização de árvores corretas para corte, preservando aquelas que ainda não podem ser derrubadas, assim como mantendo a floresta com suas características essenciais, sem degradação.

Isso proporciona que a produção seja contínua, com rentabilidade, atendimento à legislação, cuidado com a segurança do trabalho, sustentabilidade etc.

O manejo que considere esses aspectos é considerado sustentável, justamente por administrar de forma correta a área florestal e conquistar benefícios econômicos, sociais e ambientais, harmonicamente.

Planejando a colheita, é possível reduzir impactos da exploração e monitorar o crescimento da área utilizada, sem prejuízo ambiental.

Regra básica

Para considerar um manejo da sua floresta adequado, é necessário elaborar um Plano de Manejo Florestal Sustentável (PMFS), onde são incluídos os processos para a extração e uso da área a ser explorada, assim como a administração e gerenciamento do projeto, para evitar os menores impactos ambientais e dos trabalhadores envolvidos nas atividades.

O PMFS é avaliado pelas autoridades, após a emissão da APAT – Autorização Prévia à Análise Técnica de Plano de Manejo Florestal.

O PMFS é a base do POA – Plano Operacional Anual, que indica as atividades a serem realizadas e que será a base para a autorização de exploração.

Etapas do plano de manejo

O plano de manejo da sua floresta inclui três etapas, a saber:

  • Definição das áreas exploráveis, com a elaboração de seu zoneamento, estabelecendo as áreas exploráveis, de preservação permanente e inacessíveis para exploração;
  • Planejamento dos acessos secundários, que permitem a circulação às áreas de exploração;
  • Definição de talhões para a exploração anual.

O objetivo do plano é a definição da área de floresta a ser explorada e as demais, destinadas à preservação, bem como as demais, inacessíveis. E ainda a sequência de produção nos talhões, para o período a ser utilizado.

Tais fatores visam a redução dos impactos e proteção da floresta.

Vantagens do manejo planejado e sustentável

Para um manejo da sua floresta de maneira adequada é importante destacar as vantagens que são obtidas com esse critério e que passamos a demonstrar na sequência:

  • Permitir a produção contínua, sem interrupções ou riscos de degradações imprevistas;
  • Melhoria do custo-benefício, com o aumento da produtividade e redução do tempo para a exploração da área, além de diminuição de perdas;
  • Cumprimento das exigências legais, sem riscos de autuações e sanções pelos órgãos fiscalizadores;
  • Melhoria de competitividade no mercado, com a possibilidade de certificação com o selo verde, abrindo possibilidades de ganhos sobre os concorrentes;
  • Ganho de imagem junto ao consumidor;
  • Contribuição para a preservação e equilíbrio do meio ambiente;
  • Melhoria da segurança do trabalho, com a redução de acidentes.

Conclusão sobre manejo da sua floresta

O manejo da sua floresta, de maneira sustentável e legal, é determinante como fator diferencial de mercado, que hoje prioriza as certificações e processos que possam agregar valor a sua cadeia produtiva.

A Mill Indústrias pode lhe oferecer uma grande variedade de equipamentos que auxiliarão a explorar de forma sustentável o corte de suas madeiras.

Acesse o site e confira nossos produtos http://www.mill.com.br/

Aproveite e deixe seu comentário sobre esse nosso artigo, assim nos ajudará a melhorar sempre e abordar assuntos de seu interesse.

Gostou? Compartilhe!